O que é SEO ? – Para que serve ?

A otimização de SEO é a maneira que influencia a classificação de um website nos resultados de pesquisa não pagos dos mecanismos de busca, que costuma ser chamado de resultado “orgânico” ou “ganho”.

Assim, quanto mais alto o site for classificado nos resultados dos buscadores, mais visitantes ele atrairá, atingindo o objetivo do site.

Portanto SEO significa Otimização de Motores de Busca e, literariamente, significa ajustar o site aos mecanismos de busca.

É uma técnica de marketing na web, que estuda o que os usuários estão buscando, os termos de pesquisa ou palavras-chave reais inseridos nos mecanismos de pesquisa.

Contudo é um método de longo prazo, que mudara a visibilidade de seu website a um patamar acima.

Dessa forma um site com a melhor otimização de SEO é o primeiro site nos resultados da busca (desde que não seja um anúncio pago).

A otimização envolve editar o conteúdo do site, HTML e códigos relacionados a HTML, relevantes para palavras-chave específicas, mas também para remover barreiras na indexação dos mecanismos de pesquisa.

Outra coisa importante que pode ser alcançada pela otimização de SEO é a promoção do site para aumentar o feedback ou a ligação de entrada.

Visto do ponto de vista de SEO, os principais elementos do site são: conteúdo, arquitetura de informações, sistema de gerenciamento de conteúdo e infraestrutura geral do site.

Assim a principal função dos mecanismos de busca é levar os navegantes a sites e conteúdos mais relevantes para o que os usuários estão procurando.


Relevância do site – Como é determinada?

1. Conteúdo – Determinado pelo tema, o texto nas páginas do site, títulos e descrições que são fornecidos.

2. Desempenho – Qual a velocidade do seu site e se ele funciona corretamente.

3. A autoridade – A qualidade do conteúdo do site (informações mais realistas, precisas e relevantes), que incentivaria sites de “autoridade superior” a usar esse conteúdo como referência.

4.Como um website se comporta, é fácil a navegação, se parece seguro, se é funcional.

Contudo, quando falamos de otimização de SEO, é importante observar que esse não é um processo único, e exige uma certa quantidade de tempo para que os resultados sejam visíveis.

SEO envolve continuidade. Não termina enquanto o seu site existir.

A razão das regras de pesquisa estão mudando constantemente, as ferramentas de otimização estão mudando e melhorando, o número de sites competitivos está crescendo e assim por diante.

Se você deseja se adaptar às condições variáveis ​​do ambiente da Internet, seu site precisa ter uma otimização de SEO adequada.

O objetivo final permanece o mesmo, mais clientes, melhor posição no mercado, preservação da imagem comercial, mais receita, e seu site entre os primeiros nos resultados de pesquisa na web.


Você tem um plano de SEO?

Quero garantir que você tenha as MELHORES informações disponíveis sobre o que atualmente está funcionando no mundo do SEO.

Assim, estou compactando toda a minha experiência vendo milhares de pedidos, sites e estudos de caso nesta publicação. A estratégia de SEO apresentada aqui gerou milhões de dólares online.

Antes de começarmos, quero fornecer um contexto para que você possa criar uma estratégia completa.

Vejo muitas pessoas lançando links aleatoriamente em um site e me perguntando por que não funciona.

Portanto, ao elaborar uma estratégia sólida e adotar uma abordagem holística do SEO, você não apenas obterá mais tráfego, mas também obterá mais leads e vendas.

Vamos direto ao assunto…


Como classificar no Google:  Fatores de classificação nos mecanismos de pesquisa!

A indústria de SEO é um pouco louca. Já ouvi um milhão de vezes de especialistas em SEO que é difícil acompanhar o setor porque muda tão rapidamente, e, até certo ponto, muda. Há muitas atualizações do Google todos os anos.

Porém, o que REALMENTE está impulsionando os rankings na pesquisa orgânica é basicamente o mesmo dos últimos 10 anos: Links e Conteúdo.

É notório que os LINKS que apontam para seu site ainda é o grande fator que determina os rankings.

Portanto, apesar de toda a conversa sobre como o SEO está mudando, o básico ainda está onde está.

Dessa forma, queremos nos alinhar para o futuro:

Nos últimos anos, vimos o Google focar bastante na tentativa de entender conteúdo, intenção de pesquisa e tópicos.

Assim, com o algoritmo Hummingbird , eles tentaram entender a conexão entre entidades, tópicos, subtópicos e sinônimos.

O alvo do Google é casar uma consulta do usuário com uma resposta.

Portanto, se o Google puder avaliar um documento com base na probabilidade de responder à consulta do usuário, eles terão uma nova maneira de classificar os documentos.

Dessa forma, agora não há somente um foco no “mecanismo de avaliação”(links), mas também no conteúdo real da página.

Intenção de pesquisa:

Os mecanismos de pesquisa estão ficando mais inteligentes. Eles não estão pesquisando palavra-chave por palavra-chave, estão analisando a intenção por trás da pesquisa e entendendo que algumas pesquisas têm a mesma intenção.

Assim você não necessita mais produzir páginas diferentes para cada palavra-chave, mas se concentrar na criação de páginas com base em tópicos.

Por exemplo, a otimização do mecanismo de pesquisa da velha escola usada para criar páginas para cada palavra-chave, serviço de postagem de convidados, pacotes de convidados, pacotes de postagem de blogs de convidados etc.

Agora, o Google entende que tudo é a mesma coisa, então você pode criar uma página e classificar uma tonelada de variações.

É por isso que as páginas com conteúdo mais longo tendem a ter uma classificação melhor, há uma chance maior de a página explicar completamente a resposta à consulta do usuário.

No geral, o melhor jeito de classificar nas pesquisas do Google é se transformar em uma autoridade em seu nicho. Quando você faz isso, o Google “desbloqueia as comportas” do tráfego para você.


Como os olhos do Google veem uma autoridade?

Você precisa do que chamamos de “Trindade da Autoridade”:

Profundidade tópica:

Crie artigos longos que respondam totalmente a qualquer pergunta que um usuário tenha sobre esse assunto.

Amplitude tópica:

Crie muitos artigos no seu site, respondendo a todos os tipos de perguntas que seus clientes têm.

Links de autoridade:

Os links ainda são o maior fator de classificação, mas a qualidade é muito mais importante do que costumava ser.

Como o SEO é uma peça de longo prazo, recomendamos o foco em obter links de qualidade para o seu site.

Ao combinar essas 3 coisas, você verá aumentos maciços em seu tráfego.

Conselho de otimização de mecanismo de pesquisa:

O que a maioria das pessoas precisa ouvir para obter sucesso em SEO?

No passado, o SEO da velha escola era realmente focado em: classificação e palavras-chave.

“Dai imagina-se, conduzindo minhas palavras-chave aos topos das procuras na busca, vou me dar bem. Se não, então eu perco. ” Atenção, não é mais assim. Ter essa mentalidade da velha escola apenas o preparará para o fracasso.

Porém, se os links forem o maior fator de classificação, será difícil obter sucesso, porque NINGUÉM deseja criar um link para as páginas dos seus produtos.

Assim, vai ser difícil obter o link para o seu site se você não tiver nada legal para vincular.

A melhor caminho para isso é o novo SEO:

O SEO da nova escola é mais sobre tráfego (em vez de classificações) e tópicos (em vez de palavras-chave).

Ele leva em consideração a jornada do cliente, o que significa que, embora seja excelente posicionar suas páginas para as palavras-chave do ciclo do comprador final, a MAIORIA do tráfego é na verdade palavras-chave do ciclo intermediário ou iniciante do internauta.

Palavras-chave que as pessoas pesquisam antes de estarem prontas para comprar (basicamente, as perguntas que seus clientes fazem todos os dias).

Então, quando você cria esse conteúdo de qualidade , captura muito mais tráfego, posiciona-se como uma autoridade para desenvolver um relacionamento seguro com seu público, assim ganhando mais!

É exatamente isso que esse plano está propondo, se você o seguir, verá enormes ganhos em tráfego, leads e vendas direcionados.


Plano de SEO para obter mais tráfego do Google!

Antes de sua campanha de SEO começar:

Comece com uma auditoria rápida no seu site para verificar se há algum problema subjacente. Você não vai construir seu negócio em um terreno fofo.

Portanto, existe muitas ferramentas para analise de domínios, pagas ou gratuitas que você pode achar na internet, como as ferramentas do Google, e várias outras como:

https://app.neilpatel.com/pt/seo_analyzer/site_audit

https://seositecheckup.com/

https://nibbler.silktide.com/

Se o seu site caiu no passado, verifique se você tem penalidades por meio das Ferramentas do Google para webmasters , análises (quedas repentinas no tráfego) etc.

Dessa forma, você pode ver facilmente se houve grandes quedas no tráfego ao mesmo tempo em que uma atualização foi lançada, o que pode indicar o que você precisa corrigir.

Contudo, algumas sanções são mais difíceis de recuperar do que outras. NÃO gaste muito tempo tentando recuperar um site condenado, pois alguns simplesmente não se recuperam, não importa o que você faça. Siga as instruções, inicie um novo site enquanto isso, ou ambos.


Então, vamos ver estratégias de SEO para dar a partida:

1. determine seu público-alvo: quem você almeja alcançar?

Anteriormente de qualquer trabalho de marketing, você precisa saber seu público-alvo.

Assim, você provavelmente tem bons clientes que oferecem muito dinheiro, não pedem muito e geralmente são fáceis de lidar.

Existem outros clientes que são um pé no saco real e pedem um milhão de coisas, são baratos e geralmente tornam a vida um inferno.

Porém, você pode comercializar para ambos. Mas você quer? Provavelmente não. Aposto que você levaria 1 bom cliente acima de 10 ruins.

Portanto, definir quem você realmente deseja segmentar ajudará a determinar quais palavras-chave você deseja classificar, que tipo de conteúdo você deseja criar.

Compreender o seu público ajudará você a gerar toneladas de ideias sobre o que classificar. Escute seus clientes, escute seu mercado.

Quando escrevemos uma cópia para nosso serviço, pensamos no que impede os clientes de comprar serviços e a atacamos de todos os ângulos.

Por exemplo:

Os clientes vêm até nós e dizem: “Ainda não estou pronto para comprar, quero criar um esquema de SEO”.

Então, BOOM, postamos um artigo que diz “Aqui está a técnica de SEO que você deve seguir!”

Em seguida, eles dizem: “OK, entendi a estratégia, mas não sei quais palavras-chave segmentar?”

BOOM, outro artigo sobre ” Como fazer pesquisas fáceis de palavras-chave ”

Após isso, eles argumentam: “Sim, mas como posso ficar certo se estou construindo meus links?”

Como manter o SEO em alta, bem, mais um tópico.

Isso continua e continua respondendo às perguntas deles. Ao fazer isso, geramos confiança e autoridade.

Portanto, quando eles estão prontos para comprar, já temos um relacionamento com eles.

Ao entender seu mercado-alvo, você pode responder às perguntas deles e ajudá-los a resolver seus problemas, o que, por sua vez, gera mais dinheiro.

Dessa forma, depois de entender quem você vai segmentar, é hora de encontrar algumas palavras-chave para segmentar!

Mais uma vez, procure na internet por analisadores de palavra-chave.

2. Pesquisa de palavras-chave: como encontrar centenas de palavras-chave para eu nicho?

A pesquisa de palavras-chave não precisa ser difícil, é realmente muito fácil!

Você pode dividir as palavras-chave em 2 grupos:

  • Palavras-chave que você já está segmentando
  • Palavras-chave que você ainda não está segmentando.

Aproveite as palavras-chave de baixa concorrência para obter ganhos rápidos!

Então, para obter vitórias fáceis em SEO, você pode usar ferramentas de pesquisa de palavras-chave para encontrar palavras-chave com bom volume de pesquisa e polca disputa.

Assim, os mecanismos de busca já o vê como significativo para esses assuntos, você simplesmente não está entre os três primeiros para eles.

Dessa forma, ao potencializar essas páginas e criar mais links para elas, você aumentara sua classificação mais rapidamente do que uma palavra-chave totalmente nova ou concorrida.

Encontre todas as palavras-chave de seus concorrentes com uma análise de gap de conteúdo.

Assim, você precisa encontrar as palavras-chave que você não está ranqueando ainda e pode fazer isso com análise de lacunas competitivas.

Simplesmente, você almeja descobrir todos os sites de seus concorrentes. Você pode usar concorrentes diretos (concorrentes que vendem exatamente os mesmos produtos que você) e indiretos (outras empresas em seu setor que não vendem os mesmos produtos, mas têm o mesmo público-alvo).

Crie sua lista

Após ter a lista de seus concorrentes, faça uma lista de todas as palavras-chave que eles classificam e depois exclua as que você classifica.

Agora você terá uma lista enorme de palavras-chave para segmentar e criar conteúdo de qualidade (como postagens no blog)!

Então aplique alguns filtros a elas, como excluir palavras-chave com dificuldade muito alta (a menos que você tenha um domínio muito poderoso), garanta que elas tenham um bom volume de pesquisa e colocar o CPC> $ 1 para excluir palavras-chave inúteis.

Assim você obtém palavras-chave muito valiosas que valem a pena segmentar! Agora você precisa otimizar seu conteúdo atual para essas palavras-chave ou criar um novo conteúdo!

Não tenha medo de usar palavras-chave de cauda longa (frase com 3,4 ou mais palavras, exemplo: “como conquistar mais clientes”), elas geralmente têm maior intenção e convertem mais!

Existe vários analisadores de palavra-chave como:

https://app.neilpatel.com/pt/ubersuggest/keyword_ideas

https://www.keywordrevealer.com/


Otimização de SEO OnPage

logo após, você terá que realmente desenvolver o conteúdo e certificar que suas páginas sejam otimizadas.

Otimize suas metatags: Tags de título , meta descrições , URL, tags de cabeçalho, imagens e muito mais.

Contudo, o foco aqui deve ser a criação de conteúdo detalhado (é o que o Google gosta de ver) que responda às perguntas dos usuários. Foco para criar conteúdo longo com 1.000 palavras no mínimo.

Você deve ter uma lista enorme de palavras-chave de sua pesquisa anterior. Crie conteúdo focado nessas palavras-chave e adicione links internos e externo a esse conteúdo.

Se precisar de ajuda com a otimização na página, considere o Yoast SEO (plugin do WordPress).

Links de saída: Bom trabalho!

Links internos: Você tem links internos o suficiente. Bom trabalho!

Frase-chave na introdução: Bom trabalho!

Tamanho da frase-chave: Bom trabalho!

Densidade da frase-chave: A frase-chave em foco foi encontrada 82 vezes. Isso é ótimo!

Frase-chave na meta descrição: Frase-chave ou sinônimo aparece na meta descrição. Bom trabalho!

Tamanho da meta descrição: Bom trabalho!

Frase-chave utilizada anteriormente: Você não usou essa frase-chave antes, muito bom.

Frase-chave em subtítulos: 12 subtítulos correspondem ao tópico do seu texto. Bom trabalho!

Atributo alt de imagem: Bom trabalho!

Comprimento de texto: o texto contém 2841 palavras. Bom trabalho!

Frase-chave no título: A frase-chave combina e aparece no início do seu título de SEO. Parabéns!

SEO largura do título: bom trabalho!

slug: bom trabalho!


Sinais de experiência do usuário

Você também deve garantir que sua página seja fácil de navegar e fornecer ao usuário o que ele está procurando. Dê uma olhada no que está classificado e tente modelá-lo em termos de conteúdo, design etc.

Portanto, se os usuários estão chegando na sua página e retornando imediatamente, isso é um sinal negativo da experiência do usuário. Você deseja garantir que as pessoas permaneçam nas suas páginas e continuem no seu site.

Estratégia de Marketing de Conteúdo

Quando você cria conteúdo que ajuda seu cliente-alvo com seus problemas e perguntas, ele está basicamente atraindo-o para você. Isso se chama marketing de entrada e obterá mais leads no seu funil de vendas.

Assim, você também pode promover esse conteúdo por meio de canais externos ao SEO, como email, mídia social, organização de conteúdo, anúncios pagos etc.

Descrições otimizadas de produtos

Se você possui um site de comércio eletrônico ou uma loja on-line, é essencial ter descrições otimizadas dos produtos para classificar e atrair tráfego para o site.

Isso ajuda a separá-lo dos seus concorrentes com descrições totalmente otimizadas e exclusivas de produtos para todo e qualquer produto listado em sua loja online.

Depois de criar o conteúdo, você precisará de links para conduzir as classificações.


Plano de Link Building

Ocasionalmente, a construção da ligação ao seu site é ruim, mas se você olhar para os dados, é realmente o que está impulsionando as classificações.

Os problemas mais notórios é que a maioria dos sites tem é subestimar o número de links que eles precisam para classificar.

Além disso, muitos sites podem ser penalizados por otimizar demais o texto âncora (palavra que é ligado ao seu site através de um link de um site externo), e criar um perfil não natural.

Black Hat SEO ou White Hat SEO ?

As estratégias de SEO são separadas em dois métodos:

  • Técnicas recomendadas pelos motores de busca como uma boa aplicação (“White Hat SEO”).
  • Técnicas que os mecanismos de busca desaprovam (“Black Hat SEO”).

Assim a diferença essencial entre as duas técnicas é refletida na duração dos resultados desejados e como esses resultados são alcançados.

No caso das estratégias de “White Hat”(chapéu branco), os efeitos são absorvido no longo prazo e são alcançados pelos meios aprovados.

No caso das ferramentas “Black Hat”, elas fornecem sucesso a curto prazo e geralmente levam ao banimento do site por causa de ações ilegais (fraudulentas) dentro dessa otimização de SEO.

Por exemplo: o site da BMW foi banido em 2006 pelo Google; revista Forbes site foi intencionalmente degradado nos resultados de pesquisa na Web pelo Google em 2011.


Sua primeira campanha de criação de links, este é o plano!

1) Comece com a marca / diversidade :

Como o maior problema é que os sites são atingidos com otimização excessiva, queremos começar oferecendo ao seu site muita diversidade.

Portanto, use apenas texto âncora natural (https://www.yoursite.com, ou apenas o nome da sua marca como palavra-chave etc.) e nenhuma referência exata ou palavras âncoras mercatórias.

Crie suas propriedades sociais como Facebook, Twitter, Instagram ou qualquer outra que se aplique ao seu nicho.

Assim, quando você cria perfis sociais, isso mostra que você é uma marca real e receberá, ao mesmo tempo, links de entrada e sinais sociais!

Dessa forma, ao criar conteúdo em seu site, publique-o nessas propriedades sociais para manter os links naturais fluindo e suas contas sociais ativas.

2) Obtenha links de diversidade no conteúdo :

Obtenha outras propriedades diversificadas com links no conteúdo. Você pode usar uma combinação de palavras-chave de marca, naturais e de baixa competição / variações de cauda longa.

3) Vá para os links de alta potência :

Depois de criar uma base substancial, comece a adicionar links de alta qualidade com âncoras de correspondência próximas ou exatas.

Porém, nunca repita a mesma âncora duas vezes, apenas mude para algo ligeiramente diferente a cada vez.


Como obter links de chapéu branco (White Hat SEO)

Como eu disse anteriormente, é difícil obter links de chapéu branco. Envolve muito trabalho, POPs, treinamento, divulgação manual e TEMPO para acertar.

Entretanto, das maneiras de composição de links “chapéu branco”, uma das boas e mais escaláveis ​​é a Postagem de Convidado .

Dessa forma, a ideia por trás da postagem dos visitantes é acessar os blogs do seu nicho, perguntar se eles gostariam que você escrevesse um artigo valioso a ser publicado no blog deles, depois escreva esse artigo com links para seu site.

Se você fizer isso direito, receberá:

1. Um ótimo link no conteúdo
2. Grande diversidade
3. Tráfego real proveniente desse link
4. Rankings aumentados

Agora, isso pode parecer um monte de trabalho, mas como você só estará alcançando alta autoridade de domínio sites de , apenas alguns desses links podem trazer bons resultados. O outro privilégio é que isso é o mais natural plausível.

Assim como mencionei na seção acima, esse é o tipo de coisa que qualquer cliente gostaria de ver para sua marca, até mesmo clientes de nível empresarial.

Então como você faz isso?

1. Primeiro, crie um conteúdo vinculável

Esta parte é opcional, mas isso facilita o processo.

Primeiro, você precisa de um conteúdo épico que valha a pena vincular.

Assim, geralmente, isso está na forma de um recurso, guia épico, uma ferramenta ou apenas algo interessante e valioso (não uma página de vendas ou uma página inicial). Não precisa levar 9 anos para ser fabricado, mas precisa ser bom.

2. Encontre alvos em potencial

Existem várias maneiras de encontrar alvos em potencial para postagens de convidados, e não há apenas uma maneira, mas você deseja criar uma grande lista.

Contudo, uma ótima maneira de conseguir isso é fazer postagens de convidados em blogs de autoridade. Aqui está uma boa estratégia de publicação para visitadores.

Assim, você pode fazer isso pesquisando manualmente e usando os seguintes operadores de pesquisa:

  • palavra-chave + “escreva para nós”
  • palavra-chave + “escreva para mim”
  • palavra-chave + “torne-se um colaborador”
  • palavra-chave + “contribua para este site”
  • palavra-chave + inurl: categoria /
  • palavra-chave hóspede + inurl: colaboradorespalavra-chave + “blog convidado” + inanchor:
  • palavra-chave contato + “blogueiro convidado” + inanchor:
  • palavra-chave contato + “coluna de convidado” + inanchor:
  • palavra-chave contato + “artigo de hóspede” + inanchor:
  • palavra-chave contato + “escreva para nós” + inanchor: entre em contato com a

Então, coloque essas informações no Google e você obterá uma lista de sites que podem ser acessados.

3. Execute uma verificação de autoridade de domínio em cada um deles

Você pode usar ferramentas como Moz ou  Web site seo checker  para verificar quais sites são valiosos para SEO.

Esse número geralmente se correlaciona com o valor em termos de SEO da publicação, mas também fornece um indicador de quanto tráfego o site poderia nos fornecer.

Assim confira o DA (autoridade de domínio).

Então, você vai querer filtrar um DA acima de 10, mas de forma ideal DA=20 ou maior.

Portanto, métricas menores do que isso não vale o seu tempo para este trabalho.

4. Confira cada site e entre em contato com o editor

Você deve verificar cada site e garantir que não seja um site ruim.

Leia alguns artigos, navegue e verifique se é uma oportunidade legítima.

Com isso, certifique se eles ainda aceitam postagens de convidados, para que você não perca tempo.

Não esqueça de perguntar a eles sobre os requisitos de publicação (cada site é diferente) e, depois, envie uma noção a eles para certificar que se encaixa e que eles concordam em publicá-lo.

5. Escreva um artigo incrível e inclua links

Aceite os requisitos do proprietário do site e faça um excelente artigo.

Para que não seja spam ou parecido com, você deseja ligar a outras fontes do que apenas para si mesmo. Se você deu o passo número 1, também será muito mais fácil.

Contudo, você também deseja incluir seus links da maneira mais natural possível.

Não tente obter as âncoras de correspondência exata se elas não se ajustarem. Nunca tente colocar um nome de cidade + palavra-chave como “Dallas SEO” porque é apenas uma maneira de enviar spam.

A maioria dos editores de bons sites já existe há algum tempo e eles podem sentir o cheiro de um SEO vindo de uma milha de distância.

Dessa forma, você não pode simplesmente colocar suas âncoras de correspondência exatas lá. Você precisará incluir seus links naturalmente (o que é muito mais fácil se você tiver um conteúdo vinculável).

6. Publique o artigo

Após isso, envie para o editor. Pode haver algumas revisões que precisam ser feitas, mas elas geralmente serão publicadas rapidamente (contanto que você tenha incluído toda a formatação corretamente e você tenha seguido as diretrizes de publicação dos convidados).

Kabooom! Agora você tem um link natural agradável e com conteúdo em um blog legítimo.

Portanto, se você realizou o processo corretamente, poderá obter um link de alta qualidade que não apenas tenha valor de SEO, mas também poderá enviar o tráfego real do site.

Às vezes, vemos sites que possuem uma quantidade razoável de links apontando para eles, mas ainda não estão classificados.

Várias vezes é porque eles não têm a excelência dos links que têm necessidade de ser confiáveis. Eles não criaram muitos links de alta confiança. Se for esse o caso, você deve se concentrar em obter links de publicações de alta confiança.

Continue adicionando esses tipos de links mês após mês enquanto muda suas âncoras a cada vez com diferentes caudas longas / variações.


Evite esses erros de SEO

1) Proporções do texto âncora:

O maior problema que continuamos vendo é que as pessoas ainda otimizam demais o texto âncora .

Portanto, pare de se preocupar com as proporções do texto âncora e use todos os sinais da marca, URLs nus, etc.

Dessa forma, obtenha vários links naturais e use apenas algumas âncoras de correspondência exata. Estou falando de 95% + marca / nu e <5% de correspondência exata . O Google nunca vai penalizar por ter um portfólio de links muito diversificado.

2) Não desista cedo demais:

O segundo maior problema que vemos são as pessoas parando ou desistindo da construção da ligação de links.

Contudo, o Google leva um tempo para julgar seu site. Pode levar semanas após a criação de links poderosos para o movimento, mas com base nas taxas de rejeição / clique, etc., seu site pode pular e continuar subindo por meses.

Assim, se estiver preso, não pare e se pergunte por que não funcionou. Você precisa continuar construindo links variados.

Dessa forma, sites com melhor classificação têm campanhas de link contínuas, mesmo quando estão indo bem. Muitas pessoas falham em suas campanhas de SEO construindo alguns links e parando.

Enquanto cria links e conteúdo, você deseja acompanhar como tudo está funcionando.


Avalie seus resultados de SEO

SEO definitivamente leva tempo. Seria bom se você pudesse criar links um dia e ver os resultados no dia seguinte, mas o Google simplesmente não funciona assim.

Portanto, tenha a consciência de que esse é um plano de prazo longo e não se assuste se demorar alguns meses para começar a ver resultados.

Sugiro o uso de uma combinação de relatórios de tráfego do Google Analytics e rastreamento de classificação de palavras-chave.

A flutuação é normal quando você faz alterações, mas, com o tempo, você verá aumentos no tráfego e nas classificações seguindo esta estratégia.

Então, rastreie seus resultados de SEO com recursos como: https://analytics.google.com ou https://search.google.com/search-console/about entre outros.


Estratégia de SEO extra para sites locais

Se você é uma empresa local ou tem locais de tijolo e argamassa, convém fazer algumas coisas extras. Como as consultas de SEO locais trazem o pacote de mapas, você deve ter certeza de que está classificado lá. Aqui está como:

1) Configure uma página do Google Meu Negócio :

Configure sua Página do Google Meu Negócio corretamente para poder classificar melhor.

2) Citações de auditoria :

Esta é a coisa nº 1 que o reterá no local. Sempre faça uma auditoria de citação local antes de fazer qualquer coisa.

Assim, isso também informa quais citações estão faltando. Limpe e corrija suas citações locais, se necessário.

3) Crie citações e links :

Obtenha as citações e links locais que seus principais concorrentes têm de sites do setor e diretórios.

Então continue construindo-os até você esmagar seus concorrentes.


Conclusão de SEO

UFAAA, quanto trabalho né. Uma boa estratégia de SEO não é fácil, também demorada, se você é iniciante e não paga por ferramentas profissionais, então pode gastar muito tempo, meses ou anos para atingir o objetivo e provavelmente muito dinheiro contratando alguém para faze-lo.

Contudo, você pode investir um pequeno montante financeiro para encurtar o processo e economizar seu dinheiro.

Como você pode fazer isso? Existe bons passo a passo e acompanhadores para te guiar por todo o processo. Conheça aqui o melhor deles.

Este artigo foi útil para você ? Deixe um comentário abaixo e compartilhe nas redes sociais para nos ajudar a melhorar.


Posts relacionados

Posts not found

Deixe um comentário