O Que é SSL e Como Funciona !

O que é SSL?

SSL é a abreviação de Secure Socket Layer – uma tecnologia que criptografa a comunicação entre usuários e um site.

Assim, essa criptografia certifica-se que dados sigilosos, como senhas, cartão de crédito, nome de usuário entre outros, sejam enviados do usuário ao site sem o risco de interceptação.

Dessa forma, um certificado SSL é um trecho de código certificado em um site que vincula essa criptografia à organização responsável pelo site. Certificado SSL é processado no protocolo https.

Quando o navegador exibe uma barra verde ou o cadeado na barra de navegação, mostrar aos visitantes que é seguro navegar.

Sites relevantes usam SSL para proteção de seus clientes e suas transações online, a notoriedade deles depende disso.

Suponha você interagindo com um web site. Você troca informações com o servidor e ele responde com dados próprios.

Então, se você estava discutindo algo sensível, você gostaria que essa conversa fosse realizada em um ambiente o mais seguro possível, certo?

Dessa forma, fornecer informações pessoais ou comprar um produto em um site sem um certificado SSL é semelhante a discutir seus segredos mais profundos em um vagão de metrô lotado.

De fato, é importante ter em mente a segurança de suas informações ao navegar na Web, especialmente quando um site solicita seus dados bancários ou outras informações confidenciais.

Navegando com segurança

Portanto, o SSL funciona criptografando as comunicações online. Sempre que você envia uma mensagem do Gmail, efetua login no Twitter ou no Facebook ou dinheiro do PayPal para alguém, uma camada oculta de criptografia protege os dados do usuário e todas as informações relacionadas que navegam pela Internet.

Assim, todos os sites seguros usam HTTPS, que é uma versão moderna do protocolo HTTP padrão, que facilita a comunicação na Web.

O caso é que você não deve conceder nenhum tipo informação privada a um site sem certificado SSL.

Dessa forma, ao incluir um certificado SSL, seus dados críticos no site são mantidos distante de terceiros. Se você é proprietário de um site e precisa coletar esse tipo de informação confidencial dos usuários, esse nível de segurança é obrigatório.

Embora o uso mais comum do SSL é para casos em que dados seguros, como informações de cartão de crédito ou login, são transmitidos, mas trata-se de mais do que apenas segurança do site.

Então o SSL provê autenticação externa a seus clientes, amplia a confiança que eles têm nos seus negócios e satisfaz ao Google no processo.

O que o SSL faz?

Simplificando, o SSL é uma maneira de criptografar dados enviados de um navegador da web (como Internet Explorer, Firefox ou Chrome) para o servidor da web.

Embora tenha sido praticado para proteger informações críticas como dados de cartão de crédito entre outros, agora tem sido empregado em uma estrutura mais ampla.

Nos últimos anos, tornou-se a norma para navegação segura em todos os sites, principalmente nas mídias sociais.

Assim, o protocolo SSL é usado quando alguém que navega na web deseja abrir um site seguro. O navegador deles precisa se conectar a um servidor da Web pela Internet inerentemente insegura.

Dessa forma, sem criptografia SSL, o tráfego trocado durante qualquer sessão de navegação é vulnerável.

Portanto, qualquer informação enviada do navegador da web para o servidor da web pode ser vítima de bisbilhoteiros.

Contudo, eles não apenas conseguem ver o que você está fazendo online, mas também interceptam e manipulam. Sites seguros de protocolo de transferência de hipertexto (HTTPs) garantem que isso não aconteça.

Existe também a ameaça dos chamados ataques do tipo intermediário quando caracteres desagradáveis ​​capturam dados depois que ele sai do navegador, mas antes de chegar ao servidor.

Então, criptografar os dados trocados entre o navegador e um servidor dificulta a realização desses ataques.

Assim, um site que usa o protocolo HTTPS está em melhor posição para proteger dados pessoais, como informações de login e impedir que informações confidenciais, como detalhes de contas bancárias e detalhes de cartão de crédito, sejam roubadas.

Manter essas informações fora das mãos erradas também impede ocorrências de roubo de identidade.

O SSL também evita que outros interceptem nossas atividades on-line e ajuda a manter confidenciais as informações transmitidas por e-mail e bate-papo.

Principais funções do SSL

A certificação SSL executa duas funções específicas:

Autenticação e Verificação

Os certificados SSL concedidos por autoridades de certificação como a Namecheap contêm informações sobre a precisão da identidade da pessoa ou empresa que detém a emissão.

Assim, os visitantes podem verificar a identidade do site para verificar seu ID simplesmente clicando no símbolo do cadeado no navegador.

Criptografia de Dados

Criptografia é o procedimento de criptação de dados para permitir a transferência segura pela Internet.

Dessa forma, enquanto os dados são trocados durante um protocolo SSL, as informações são criptografadas para que terceiros não possam acessar ou ler os dados sem uma chave de criptografia. Renomada igualmente como chave de criptografia.

Portanto, todas as atividades realizadas em um site ou loja online são essencialmente solicitações de informações entre o navegador do visitante e o site em questão.

Então o certificado SSL indica se as transações são seguras e criptografadas ou não.

Assim, os domínios devem ter instalado um certificado SSL em seu servidor para ter uma conexão segura com os navegadores dos visitantes.

Depois que uma conexão segura for estabelecida, todo o tráfego futuro da Web entre um servidor e um navegador ficará seguro.

Contudo, os sites devem instalar apenas um certificado SSL no servidor de nomes de domínio para atualizar seu protocolo de aplicativo de transferência de hipertexto (HTTP) para HTTPs superiores e mais seguros.

Como o SSL funciona?

Criptografia de dados

Cada domínio e servidor, deve ter seu próprio certificado SSL válido emitidos individualmente.

Assim, quando você abre um site que possui um certificado SSL, o aperto de mão SSL acontece entre o navegador e o servidor do site.

Dessa forma, a solicitação de informações durante essa “saudação” fica visível na janela do navegador.

Você notará a indicação que uma sessão segura foi iniciada pelo cadeado na barra de endereço em seu navegador.

Então, um cadeado, uma marca de confiança ou o nome do site destacado em verde são todos indicadores de que um vínculo seguro é estabelecido e que as comunicações seguras podem começar.

Como verificar uma conexão SSL

Identificar uma conexão segura é fácil, se um site está protegido com certificado SSL apenas olhe o URL.

Dessa forma, se o URL inicia com “https: //”, então o site está seguro com um certificado SSL.

HTTP é o padrão, em um site protegido por SSL, o HTTP é trocado por HTTPs. Os “s” extras indicam que é uma página segura.

Assim, quando você visita um site que possui um certificado SSL instalado, seu navegador mostra um ou todos os seguintes itens:

Entretanto, para compreender como a graduação é consultada pelo seu computador para mostrar um site na tela, você necessita de um conhecimento básico dos elementos em um nome de domínio e como eles se relacionam com os endereços IP.

HTTPS no início do URL

Cadeado verde

Barra de endereço verde

Uma conexão segura depende do tipo de certificado que você compra e o navegador mostrará isso.

Portanto, todos os navegadores respeitáveis (Firefox, Chrome etc.), incluindo navegadores de internet móvel, implementam esses indicadores de uma maneira ou de outra.

Dessa forma, o URL começa com HTTPS e o cadeado revela detalhes do certificado, como o nome do emissor que verificou o site quando clicou.

Assim, isso fornece transparência e tranquilidade aos navegadores da Internet.

Quando uma empresa possui HTTPS, clique no ícone do cadeado ou no nome da empresa em verde para obter informações sobre o proprietário do certificado SSL.

Portanto, uma verificação rápida da conformidade do certificado garante que você está visitando o site que deseja e não será redirecionado inadvertidamente para outro lugar, como um site de phishing.

Um certificado SSL normalmente contém as seguintes informações:

Nome do domínio

Nome da empresa

Endereço

Estado e país

Contudo, ele também conterá quando o certificado SSL expirará e informações sobre a Autoridade de Certificação responsável pela emissão do Certificado.

Quais sites precisam de uma conexão SSL?

Todos os sites conscientes que lidam com qualquer tipo de informação do usuário devem usar a tecnologia SSL para proteger seus clientes.

De fato, nesta era moderna, mais transações são realizadas pela Internet do que nunca.

Assim, quando os detalhes financeiros são enviados on-line, os certificados SSL são obrigatórios.

Dito isto, o SSL é essencial para qualquer site que solicite aos usuários dados pessoais, como informações de contato para uma lista de discussão, nome de usuário ou senha para login.

Portanto, a reputação do seu site depende de manter esses detalhes protegidos. O SSL não é apenas uma prioridade para os proprietários de sites de comércio eletrônico.

Já escolados, os internautas da internet procuram a trava (cadeado a direita do URL) ao visitar um site.

Dessa forma, o HTTPs no início dos endereços de um site indicam que um site é seguro e seguro de usar.

Contudo, a aplicação do SSL é uma maneira simples de conquistar a confiança do usuário e suprimir qualquer preocupação com a privacidade quando os dados são oferecidos online.

Por que usar SSL com seu site?

Invasor

O principal objetivo do SSL é fornecer transações bancárias online seguras, logins e transferências de dados úteis para todos os tipos de sites.

Então, é frequentemente usado para esses propósitos, contudo existe outros. O uso mais comum é para sites nos quais dados seguros são transmitidos, como detalhes de pagamento com cartão ou detalhes de login seguros.

Isso também mantém os dados protegidos entre servidores, a salvo das mãos de hackers.

O Google e outros mecanismos de pesquisa estão tomando medidas sérias para destacar sites inseguros (HTTP) para os visitantes do site.

Portanto o SSL cria e aprimora a confiança do cliente e potencialmente melhora as taxas de conversão.

O fator do Google

A inclusão do SSL no seu provedor de serviços para as vantagem do Google é um excelente motivo.

O mecanismo de pesquisa utiliza muita segurança no site e usa se o seu site é considerado seguro (se for certificado SSL faz parte disso) como um sinal de classificação.

Assim, para o Google, não interessa se seu site aceita pagamentos ou não. Todos os internautas são tratados de modo muito sério.

Ele quer que tudo na Web seja seguro e incentiva avidamente os proprietários de sites a adotarem HTTPS.

Dessa forma, o site que não tem um certificado SSL será exibido para todos os visitantes como “Não Seguro”. A ação do Google deixou claro: é hora de atualizar sites não criptografados.

No caminho para eliminar o uso de sites não seguros (HTTP), versões futuras do Chrome impedirão ainda mais sites não HTTPS.

Embora possa aparentar um obstáculo instalar um certificado ao seu site, é um ato de proteção de seu negócio e seus clientes.

Proteger logins de usuários

Um dos aspectos mais valiosos da adição de um certificado SSL ao seu site é proteger qualquer uma das páginas protegidas por senha, incluindo o sistema de gerenciamento de conteúdo, como o WordPress, ou outros sites controlados por banco de dados que exigem uma página de login para o administrador obter acesso .

Embora não seja aparente para a maioria das pessoas que navegam na Internet, a web está cheia de bots mal intencionados que procuram formulários de login mal protegidos para invadir sites inteiros ou obter acesso a contas de associação.

Você não deseja fazer logon no painel de administração do seu site apenas para descobrir que suas páginas foram apagadas ou completamente excluídas e que as contas de seus membros foram infiltradas.

Os sites de associação com vários logins são um alvo interessante para os hackers atacarem, pois criam mais oportunidades para isso.

Lembre-se de que qualquer coisa que precise ser protegida online precisa operar sob a rede de segurança de um certificado SSL.

Formulários Web seguros

Nem todos os sites usam transações on-line para coletar dinheiro para produtos e serviços. Ha vários websites que arrecadam informações.

Qualquer coisa com um formulário on-line, como um questionário para revisar um produto, leva a potenciais locatários ou compradores de imóveis, ou um formulário Fale conosco, por exemplo, pode usar segurança extra.

Assim, qualquer site que colete até as informações mais básicas, como nome, endereço, número de telefone e endereço de email, deve aplicar o protocolo SSL. Os clientes não gostariam que essas informações vazassem.

Tipos de SSL

Sites seguros por SSL e TLS mostram o HTTPS no endereço. O TLS (Transport Layer Security) é o sucessor do SSL, mas o protocolo permanece substancialmente o mesmo.

Você pode escolher entre vários tipos de certificados para negociações SSL / TLS:

Podem ser reunidos com basamento no nível de validação e no número de domínios ou subdomínios seguros que eles cobrem.

Nível de validação SSL

Segurança SSL

Certificados validados por domínio (DV):

Nível de validação – mais baixo

Verificação – os certificados DV SSL DV são indicados para cenários em que você necessita oferecer ao cliente em geral uma conexão segura ao seu website.

Quando pagamentos são recebido é uma hipótese.
O SSL privado está ligado ao seu domínio, alegando que estão no website correto.

Por isso, este certificado SSL privado é adequado não apenas para sites de comércio eletrônico, mas para qualquer site que exija comunicação segura com seus visitantes. Indicação:

Sites com DV SSL retém uma conexão HTTPS segura e um endereço da Web HTTPS para os internautas reconhecerem.

Indicação: sites com DV SSL retêm uma ligação HTTPS segura e um endereço da URL para os internautas reconhecerem.

Certificado validado pela organização (OV):

Nível de validação – Médio

Verificação – OV é semelhante a um DV, no entanto, a autoridade de certificação investigará a empresa que fez o pedido.

Eles não investigarão profundamente, mas a CA entrará em contato com a organização para garantir que ela seja autenticada.

Indicação: as informações da empresa HTTPS plus estão incluídas nos detalhes do certificado.

Certificados de validação estendidos (EV):

Nível de validação – nível mais rigoroso

Verificação – este certificado valida a propriedade da empresa, incluindo informações da organização, localização física e existência legal.

Sendo o nível mais estrito de validação, a organização toma conhecimento de todas as solicitações de certificado SSL para aprovar pessoalmente.

Indicação: o nome do negócio aparecerá na barra de endereço verde no navegador do internauta.

Certificação SSL para vários sites

Certificados SSL de nome único – Como esperado, eles protegem um único subdomínio / nome do host.

Certificados curinga – ative a criptografia em uma quantidade ilimitada de subdomínios usando um único certificado. Os subdomínios devem conter o mesmo nome de domínio de segundo nível, como, subdominio.seudomínio.com).

Certificados de vários domínios – Para operações maiores, os certificados de vários níveis protegem até 210 nomes de domínio com um único certificado e permitem adicionar todos os domínios de segundo nível diferentes (por exemplo, seudominio.net, seudominio.com, outrodomínio.shop).

Qual SSL é adequado para mim?

Existe um SSL disponível para cobrir uma série de requisitos diferentes, alguns oferecem níveis mais elevados de segurança para formar confiança do cliente e outros que dão cobertura a mais de um domínio.

Os requisitos para cada tipo de certificado SSL variam e podem variar de grátis a baratos (DV SSL) a uma validação comercial estritamente mais cara, como os Certificados EV SSL.

Antes de selecionar um SSL para comprar, considere seus negócios e orçamento. Esta é uma consideração de segurança comercial, por isso recomendamos não comprometer a solução SSL do seu site.

Como adicionar um certificado SSL

Os dias anteriores do SSL exigiram algum esforço e custo para configurar os HTTPs no seu navegador.

Atualmente, o processo é muito mais simples e há uma série de certificados fornecendo certificados SSL gratuitos.

Um certificado SSL é confiável apenas com a certificação correta. Para adicionar a certificação SSL, um site deve ter passado nos controles de verificação mantidos por autoridades de certificação autorizadas.

Se o aplicativo e a documentação de suporte forem aprovados, ele emitirá um certificado SSL.

Empresas como Symantec, Comodo, Thawte, DigiCert e GlobalSign são as marcas mais conhecidas e mais confiáveis ​​que vendem certificados SSL.

Isso ocorre porque os grandes players nos navegadores online Mozilla, Opera, Blackberry, Java etc. e sistemas operacionais como Microsoft e iOS confiam que são Autoridades de Certificação legítimas e podem confiar para emitir Certificados SSL confiáveis.

Você pode achar mais conveniente comprar um certificado no seu registrador de domínio.

Muitos provedores de hospedagem e registradores de domínio respeitáveis ​​oferecem SSL como um upsell para seu produto principal. Você pode adicionar SSL no momento da compra do domínio ou a qualquer momento depois.

Para escolher um provedor de certificados SSL, considere os seguintes fatores que impactarão na sua escolha de cliente:

Marca

Tipo de validação

Hora da edição

Domínios incluídos

Licenciamento de servidor

Verificador de instalação

Navegadores suportados

Compatibilidade com celulares

Suporte para digitalização

Selo do local

Nível de confiança

Garantia

Conquistar confiança é uma condição de sucesso para todas os negócios online, independentemente de serem negócios online ou hospedarem um site de comércio eletrônico.

Investir na tecnologia SSL e implementar usando marcas de confiança é uma maneira eficaz e comprovada de estabelecer um vínculo com seus usuários.


Posts relacionados

Posts not found

Deixe um comentário